sexta-feira, 20 de abril de 2012

Amor de mãe...

Nunca tenho palavras para explicar o orgulho imenso que sinto no meu filho mais velho.
É uma criança, que infelizmente, tem "problemas de saúde" estranhos.
E consequentemente é sujeito a tratamentos muito bizarros. E age sempre com serenidade, com calma, com tranquilidade, com positivismo, com alegria, sem resignação. Como se entendesse no seu interior que tem que passar por tudo isso e em vez de escolher o caminho sinuoso, escolhe o caminho da boa disposição.
Mas sei que ele não entende as coisas como um adulto, afinal tem só 6 anos.
Porta-se sempre lindamente. Faz tudo o que lhe mandam e mesmo com dores, NUNCA chora, NUNCA geme, NUNCA grita, NUNCA faz birras.
E eu... eu fico sempre descolhoada a olhar para ele. Sempre ao seu lado, sempre de mãos dadas, mas sempre impotente perante a sua força, a sua coragem, a sua espantosa capacidade de aceitação.
Sinto as lágrimas escorrerem-me pela cara ao transformar em palavras o que sinto.
Hoje disse-lhe verdadeiramente com muito mais intensidade que me sinto verdadeiramente, brutalmente, gigantescamente orgulhosa dele... e recebo como resposta: "Mãe, o que é isso?"
O que é estar orgulhosa filho? É sentir um amor, uma alegria tão grande no meu coração que parece que ele vai explodir. O coração da mãe fica tão gigante e todo preenchido com amor por ti. É isto o orgulho em ti.

Amo-te!!!

4 comentários:

  1. Sábado - Feira # 03 - disponível
    http://apontamento-bernardo.blogspot.pt/2012/04/sabado-feira-03.html

    ResponderEliminar
  2. Chorei ao ler o teu post.Só depois de se ser mãe,é que se compreende na perfeição palavras assim.Muita força para ambos,é o que desejo.

    ResponderEliminar
  3. É lindo este texto e acredito que mesmo do fundo do coração não consiga expressar e transmitir todo o orgulho bem como todo o sentimento de impotência que vai nesse coração. Muitos parabéns pelo filho que tem, pela capacidade e coragem

    ResponderEliminar